Namoro Virtual: Minha Experiência.

Clique e ouça este texto

 

Hey povo lindo, como vocês estão?   Há um tempo fiz um post sobre Namoro Virtual e resolvi contar a minha experiência com namoro virtual.

Once Upon a Time…

Quanto eu tinha 18 anos, estava fazendo um curso de inglês, e meu professor indicou um site para conversarmos com algumas pessoas e praticar o idioma. Eu adorei a ideia, cheguei em casa e já fui para o bate-papo. Após alguns dias entrando no site, um cara veio conversar comigo, seu nickname era BRTB. E ele realmente conversava em inglês, diferente da maioria, que começava com um “Hello” e logo vinha com “de onde você tc?”.

Conversamos por muitas horas nesse site e depois nos adicionamos no já extinto MSN.  A partir desse dia, todos os dias conversávamos. Até que eu descobri que ele era gaúcho e ele descobriu que eu era carioca, foi quando vi que estava mais perto dele do que eu imaginava.

Nos falávamos sempre e sobre tudo, nossos assunto ia do cotidiano até uma possível viagem para a lua, passando pelos meus problemas e os dele. Tínhamos um horário marcado para entrar no MSN, e foi assim por 1 meses. Depois ele sumiu, o ~pc~ dele tinha pifado rsrsr…   Eu fiquei toda jururu pensando que ele tinha me bloqueado, até que resolvi mandar um e-mail, perguntando se ele estava bem e se ele poderia mandar notícias ou até um sinal de fumaça para eu saber.  E incrivelmente, no mesmo dia ele me responde, dizendo que o pc tinha pifado e que havia concertado aquele dia.  A partir daí voltamos a nos falar todo dia.

Tudo que acontecia comigo, eu não via a hora de poder contar para ele. Meu dia só terminava bem quando nos falávamos por horas. E lembro que toda a vez que ele falava que já iria desligar o pc, eu fala “fica mais um pouco, toma mais um copo” rsrsr…

Um amigo meu, vendo toda minha apaixonite, sempre falava para eu ter cuidado, de que o cara que eu tanto conversava, poderia ser um “velho tarado”, rsrs….   Então resolvi chamar ele para uma conversa com Webcam. Da primeira vez foi um desastre, ele estava sem e a minha não funcionava.

A minha curiosidade era tanta, que logo comprei uma webcam e de surpresa chamei ele em uma conversa com vídeo, eu tremia feito vara verde. E uns dias depois ele também me fez essa surpresa. Ver ele, idêntico as fotos e ver que ele era quem dizia que ser, foi praticamente ganhar na mega sena. Eu lembro que não parava de rir, por causa do nervosismo.

A partir desse dia, o barulho de chamada do Skype, virou minha música favorita. Até que um surpreendente EU TE AMO saiu da minha boca, que até eu fiquei sem reação. E um maravilho EU TAMBÉM TE AMO saiu da boca dele.

Quando percebi, já estava em um Namoro Virtual, a muito tempo, e nem sabia. E sinceramente nem sabia muito sobre Namoro Virtual, naquela época pouco se falava sobre isso e era tido como uma coisa que só podia dar errado. Mas ainda bem que para a mentalidade da época o meu Namoro Virtual fugiu a regra.

Após as declarações mutuas, a vontade de estarmos juntos nem que seja pelo skype só aumentava. Ficamos conversando por um ano,  com mil planos para nos vermos, porém a realidade não tinha nenhuma pretensão de nos ajudar.  Até que em fevereiro de 2009, ele me disse que viria me visitar. Cara pensa na felicidade que não cabia no peito, eu estava explodindo.

E em 18 de Abril de 2009, nos encontramos. Eu fui busca-lo suando frio, com milhares de borboletas na barriga. Não consegui avista-lo de longe, mas ele me viu. Ele veio até a mim catucou meu ombro e nos cumprimentamos meio envergonhados.

Após um longo abraço, eu disse a ele “Nossa isso parece um sonho” e belisquei a barriga dele. Ele sorriu e me retribuiu com o tão esperado beijo. Dizer o que, flutuei.

A partir daí, começou uma nova jornada, o tão complicado Namoro a distância.

To Be Continued . . . 

Contei de forma resumida e romântica. Sim, tivemos problemas, tivemos desentendimentos, mas nada que deva receber muita atenção. Prefiro carregar e espalhar só o que vivi de bom.

Problemas sempre temos, o que nos faz viver melhor e a forma que lidamos com eles!

E aí curtiram? Querem a continuação? Então deixa aí nos comentários!

Fique por dentro de todas as novidades do blog, nos sigam nas redes sociais.

Fanpage: Andressa Campos Blog

Instagram: @andressacamposblog

Twitter: @andressacamblog

YouTube:  Andressa Campos

Um Grande Beijo e Até Sexta

Sobre o Autor

Sou Adm, carioca, viciada em chocolate e café e também sou cristã. Amo testar cosméticos, livros, músicas, refletir sobre a vida e o dia a dia. Amo mais ainda escrever sobre tudo isso, aqui para vocês.

3 Comments

    • Olá Káh! isso aí o que importa são as experiências que adquirimos para nos tornamos cada vez melhores. E você pode até escrever sobre sua experiência também, vou adorar ler.
      Fico muito feliz por ter gostado do post, Bjos e volte sempre rsrs…

  • Amei esse post, eu e meu marido também nos conhecemos pela internet e namoramos muito tempo a distancia, os pais dele moram na minha cidade e nos víamos quando ele vinha pra cá. O que posso dizer é que quando se gosta realmente distancia não significa nada.
    Beijos

Deixe uma resposta

Translate »
%d blogueiros gostam disto: