Qualidade de Vida: No ambiente de trabalho.

Olá meu povo, como estão? Estou muito bem, obrigada! Hoje resolvi que devemos conversar sobre qualidade de vida. O que é ter qualidade de vida para você?? É ter mais tempo, ter muito dinheiro, ter saúde, ter equilíbrio espiritual, ter um bom relacionamento com a família, ter uma pessoa certa, ter um emprego que lhe proporcione um bom estilo de vida??? Ter qualidade de vida é tudo isso e um pouco mais ou até mesmo um pouco menos. Pois é um grupo de questões equilibradas, e de acordo com cada tipo de personalidade. Mas como são muitos os fatores para se ter uma boa qualidade de vida, vamos desmembrar cada aspecto e debater sobre eles separadamente. Nessa semana, como já viram no título do post, vamos falar sobre Qualidade de Vida no Trabalho (QVT).

Qualidade de Vida no Trabalho, está para além de ter um bom salário e um chefe que não incomode. Na administração temos alguns fatores que melhoram a qualidade de vida do colaborador. E estes fatores são: Fatores Higiênicos, Fatores Motivacionais, Ambiente de Trabalho e Segurança.  Existem outros, mas quero focar mais nesses, pois acredito que são os principais.

Fator Higiênico (fator que desagradam): No fator higiênico, vemos a questão da condição física do ambiente de trabalho, ferramentas adequadas para a execução das tarefas, salário do colaborador, se está de acordo com sua função, se ele também é bonificado por sua excelente atuação, se a empresa possui plano de carreira. Se o colaborador tem outros atrativos como: Participação nos lucros da empresa, Vale Alimentação, Plano de Saúde, Plano Dentário, caso for a Insalubridade ou Periculosidade entre outros.

Segundo SILVA (2008, p.107) “O desgaste físico e emocional leva a corrosão da dignidade e da vontade.” Esses desgastes ocorrem quando a organização não oferece tanto um ambiente agradável quanto materiais e equipamentos adequados para sua segurança e para sua produção.

Fator Motivacional (fator que agradam): Já no fator motivacional vemos a questão das tarefas relacionadas ao cargo, pois não pode haver desvio de função ou deixar o colaborador sobrecarregado. Nunca deixar com que o colaborador seja cobrado ou seja chamado a atenção na frente de outros colaboradores, mas sim a sós com o gestor. E sempre ser elogiado na frente dos outros e ganhe aquele “tapinha nas costas” de agradecimento. Liberdade e autonomia na execução e resolução de problemas. Realização do colaborador.

“Como é no trabalho que passamos a maior parte de nossas vidas, será da qualidade de suas condições que decorrerá uma vida melhor- provavelmente mais longa e mais feliz” (Silva 2008, p.107).

Ambiente de Trabalho: Para falarmos de ambiente de trabalho devemos levar em conta o ambiente físico (ferramentas, iluminação, ruídos, temperatura), condições de tempo (jornada de trabalho, período de descanso, etc.), condições sociais (status que possui, tempo para família, tempo para lazer), estresse (colaborador sobrecarregado que sofre pressão).

“É o ambiente físico que envolve o funcionário enquanto ele se desempenha um cargo oferecendo condições favoráveis ou desfavoráveis ao seu desempenho”. (CHIAVENATO 2010, p.140)

Segurança: Segundo CHIAVENATO (p.150), ”A segurança do trabalho – ST é o conjunto de atividades relacionadas com prevenção de acidentes e com a eliminação de condições inseguras no trabalho. A finalidade do ST é prevenir acidentes e criar condições seguras de trabalho”.

Além da ST, existe a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA), que também auxilia na prevenção de acidentes.

                    Bom já falamos sobre os Fatores da Administração ligados a qualidade de vida, agora vamos falar sobre nós enquanto “serumaninhos” o que nós estamos sentindo ao realizar nossas atividades trabalhistas diárias, você sente prazer ou repulsa?

Sabe quando acordamos cansado, desmotivado ou enjoado para ir trabalhar, isso é COMPLETAMENTE NORMAL (não estou gritando com você, apenas falando com muita convicção rsrsr). É normal acordarmos mergulhados na preguiça. Isso vem acontecendo diariamente? Você está vivendo na base da esperança que amanhã é sábado? Domingo de noite te bate uma depressão por que amanhã é segunda e você tem que ir trabalhar? Não sente felicidade no que faz? Amigo(a), reveja sua vida, mas antes vamos achar qual o fator que está te desmotivando.

Tempo: Estar em uma empresa que gosta, porém você sente que não tem mais tempo para viver. Sai de casa cedo e chega em casa tarde, e no final de semana se não trabalhar também. Está sempre cansado que não consegue curtir.

Equipe: Sua equipe não te trata como igual por ser de formação diferente, nunca ouvem suas ideias e opiniões, te julgam como o novato e não te dão brecha para mostrar sua competência.

Gestão: Seu gestor não reconhece o seu trabalho, quando você dá uma ideia, atribui a mesma a outra pessoa. Te cobra na frente de muitos, e que os preferidos do chefe mesmo que cometam erros gigantes não são chamados a atenção, nunca te elogia. Desestabiliza toda a equipe. Geralmente líderes ou melhor Chefes da geração X tem esse pensamento, de que os trabalhadores são funcionários e não colaboradores, e que são preguiçosos que só trabalham sob pressão.

Tarefa: Executa tarefas consideradas por você inferiores, tarefas que talvez uma pessoa com um grau de instrução menor ou de outra formação, executaria aquela tarefa com mais auto-realização que você. Ou talvez possui tarefas engessadas, modos antigos, e que não é permitido uma outra forma de execução, mais atual ou mais prática. Ou ainda tarefas na qual não são de sua competência, o que pode configurar desvio de função.

Carreira: Talvez esteja em uma empresa a uns 3, 4 ou 5 anos trabalhando muito, se dedicando, e nunca foi promovido. Isso acontece muito em empresas pequenas (o que até é compreensível), empresas familiares ou empresas grandes com má distribuições de cargo e tarefas ou com líderes controladores. Empresas que não se preocupam com um plano de carreira, para segurar seu capital intelectual (serumaninhos), dentro da empresa, acabam tendo um giro de funcionários muito grande. Pessoas que querem crescer e se capacitar é ótimo, pois cada vez que ele se capacitar estará trazendo novos conhecimentos a empresa.

qualidade de vida

Cultura Organizacional: Essa na minha opinião é a mais complicada, que é quando a sua cultura (digamos que é sua personalidade), bate de frente com a cultura da empresa. Por exemplo, você acredita que fumar é errado e vai trabalhar em uma organização tabagista, claro que uma pessoa não faria essa escolha, mas as vezes só conhecemos a cultura da empresa após começar a trabalhar nela. E essa incompatibilidade de cultura faz com que você não acredite na empresa e vise e versa.

Se você se enquadrou em uma única descrição, e tem como conversar e resolver essa questão, ótimo! Tome uma boa dose de coragem, se encha de bons argumentos e vá em frente resolver seus “pepinos.”

Agora se disse sim para mais que 2, sua questão é mais complicada. Pense, você ama as suas atividades? seus resultados? sua rotina? Pense bem, pois a maior parte do nosso tempo passamos trabalhando, e trabalhar em algo que não acredita, em algo que não gosta, é perder as rédeas da sua vida em prol de contas pagas.

 

geracao_de_valor_1

Para se ter Qualidade de Vida no Trabalho, você deve amar o que faz, ter prazer de ir realizar aquelas tarefas! Aí você vai me dizer: Mas Andressa é muito difícil conseguir trabalhar no que amamos. Sim! pode ser difícil se você deixa a preguiça te dominar. Nós sempre amamos algo que dá para viver fazendo aquilo e ganhar dinheiro. As vezes não encontramos como, fazer isso acontecer.

 

FAÇA O QUE AMA (de novo, só estou sendo convicta), você me disse que era difícil fazer o que amamos. É difícil sim, como qualquer outra coisa nessa vida, nada é fácil, nada cai do céu, só chuva (e tem lugares que não cai) e cocô de pombo (esse cai e quando cai sempre tem alguém reclamando).

07278a81f3e1066e3ecfa47daf02a9c2

O que você gostaria de fazer lhe permite ganhar dinheiro?   à uma forma tradicional (CLT) para ganhar dinheiro?  Se sim, comece a investir em você, em seu conhecimento e se jogue nesse novo ramo. Mesmo que muitos venham te por pra baixo, e dizer que não vale a pena pois não traz dinheiro. Só VOCÊ sabe o que te deixa feliz e realizado.

Agora se o que você ama fazer, não está na CLT ainda, faça você mesmo sua experiência, seu trabalho VIRE UM EMPREENDEDOR !! (Muita convicção gente rsrs). Já pensou em ser um empreendedor? Não? Mas agora eu sei que está!!  Crie você sua empresa, mas crie aos poucos, estudando muito, verificando suas possibilidades de dar certo e também aonde dará certo.

financas

 

 

 Muitos se conformam em ter um emprego que não lhe proporcione qualidade de vida, e acredita que lutar para ter Qualidade de Vida no Trabalho é perda de tempo, é lutar em vão. Coloque como meta ter qualidade de vida, e comece pela QVT, e tua vida se tornará mais divertida e feliz.

Ter Qualidade de Vida no Trabalho não quer dizer que será fácil, mais sim que será mais prazeroso, te deixará mais realizado, mais feliz e consecutivamente te trará um saldo positivo em sua conta bancária. Não será um fardo trabalhar e sim um prazer.

                       Não seja mais um conformado, em acordar todo dia cedo, passar 8 horas trabalhando em algo que não gosta, para no fim estar frustrado por não ser um profissional realizado. Quebre esse tabu de não poder amar o que faz. 

voce-pode-tudo

Me responda, você quer/tem Qualidade de Vida no Trabalho ? Então invista seu tempo e sua mente nisso, seu tempo e sua vida vale mais que um saldo positivo.

Quer se inspirar mais eu recomendo os livros e o site da Geração de Valor e tenha qualidade em sua leitura.

Fonte do conteúdo: Meu TCC

Fonte das Imagens: Livro e Site Geração de valor

Um Grande Beijo e Até a Próxima.

Sobre o Autor

Sou Adm, carioca, viciada em chocolate e café e também sou cristã. Amo testar cosméticos, livros, músicas, refletir sobre a vida e o dia a dia. Amo mais ainda escrever sobre tudo isso, aqui para vocês.

Deixe uma resposta

Translate »
%d blogueiros gostam disto: