Desabafos de Uma Baixinha e Suas Desventuras

Clique no play e ouça o post.

 

baixinha

Olá meu povo lindo, como vocês estão? Eu estou tentando voltar a rotina e também estou com muita vontade de desabafar aqui com vocês, as desventuras que uma baixinha passa no seu dia a dia.

Sim, sou baixinha e com orgulho, mas não posso negar que o dia a dia tem suas peculiaridades.

São muitos os obstáculos de uma baixinha pelo mundo, vou dividir em pequenos tópicos. Então pega uma pipoca e senta, que lá vem história!

Mercado/Perfumaria/Qualquer loja

Mercado é um lugar mágico, cheio de comida, quitutes e besteirinhas que amamos comer. Mas no mercado existe algo chamado prateleiras, só que as do mercado vieram de Itu (se não conhece a fama de Itu, sugiro que vá pesquisar no Google). E eu não sei porque, mas maior parte dos produtos que queremos estão nas prateleiras mais altas. Aí começa a sessão de alongamento, a pessoa começa a se esticar e acreditar piamente que vai virar uma mulher elástica, até que resolve pedir ajuda.  Aí você vai lá gentilmente pedir para alguém pegar o tal produto, a pessoa pega e te entrega e vira as costas e vai embora. Quando você vai ver, tá todo quebradinho, não era o sabor que queria ou a embalagem só está feia mesmo. Aí a pobre baixinha desiste ou espera até aparecer uma outra pessoa.

 Zona Cheirosa

Sim, existe uma zona cheirosa! Que na verdade não é tão cheirosa assim. Toda baixinha já ficou de cara a cara com uma axila muito MAL cheirosa. Isso quando essa mesma axila, não está em cima do seu ombro ou da cabeça perfumando seu cabelo. O pior é quando soltam pum e nós baixinhas tentamos nos esticar ao máximo para pegar aquele arzinho fresco e fujir do fedor, mas não rola. O negócio e segurar a respiração ou respirar com nojo sabendo que está inalando todo aquele pum.

A Menos Baixa

Quando se é baixinha e tem uma amiga baixinha, sempre rola uma disputa para ver quem é menos baixa. Não é mais alta, é menos baixa mesmo, as duas são baixinhas. E isso é só para chamar a outra de baixinha e ter aquela felicidade de existir sim, uma pessoa mais baixa que você.

Eterna Criança

Quando se é baixinha, as pessoas sempre acham que você é mais nova do que realmente é. Isso não é o problema, quem não gosta de parecer mais jovem ?! O problema é quando as pessoas vem conversar com você e muita coisa que você diz, elas  descartam. Afinal você é muito nova, e o que sabe da vida?     Resumindo, ninguém te leva a sério.

Boneca Frágil

Todo mundo quando acaba de conhecer uma baixinha, sempre comenta que ela se parece uma boneca. Isso é até legal, porque no geral as bonecas são lindas, o problema é quando nos acham frágeis como uma boneca também. Acreditam que somos fracas e que qualquer peso ou algum tipo de obstáculos físico ou sentimental, vai nos quebrar. Já houvi várias vezes, “não pega peso, você não vai aguentar”, aí só de raiva eu ia lá e pegava e por mais pesado que estivesse, fazia cara de diva carregando uma Chanel, levantar o peso, vira questão de honra!

Essas foram as 5 desventuras de uma baixinha pelo mundo.

E aí minha amiga baixinha se identificou com algumas dessas desventuras? Quer que eu traga mais?  Deixa nos comentários a sua sugestão.

Fique por dentro de todas as novidades do blog, nos sigam nas redes sociais.

Fanpage: Andressa Campos Blog

Instagram: @andressacamposblog

Twitter: @andressacamblog 

Um Grande Beijo e Até Sexta

Sobre o Autor

Sou Adm, carioca, viciada em chocolate e café e também sou cristã. Amo testar cosméticos, livros, músicas, refletir sobre a vida e o dia a dia. Amo mais ainda escrever sobre tudo isso, aqui para vocês.

2 Comments

Deixe uma resposta

Translate »
%d blogueiros gostam disto: